7 dicas para se dar bem no “segundo round”

Programa Ejaculando Com Controle: http://bit.ly/2O8xESD

Confira quais são!

1. Período refratário?

Sim, você, como qualquer homem, passa por isso mais do que pensa.

Explicado como o momento natural entre uma e outra ereção, esse período é muito pessoal. Por isso, você deve entender qual é o seu – e como seu corpo reagem.

Além da questão biológica, outros fatores interferem no tamanho desse intervalo, como a questão hormonal, os cuidados com alimentação e sono, segundo o médico Jamin Brahmbhatt.

O especialista explica que o pênis fica flácido por conta de sinais neurais que mandam o corpo relaxar, principalmente se for o homem que faz a maior parte dos movimentos.

Uma das táticas, também apontada pelos experts, é não deixar uma atmosfera de “cobrança”.

Quanto maior a pressão de voltar à ativa, menor a chance de conseguir fazer isso de uma maneira confortável e verdadeiramente prazerosa.

2. Um bom diálogo sobre expectativas

Vocês dois, ainda esbaforidos, olham um para o outro e pensam a mesma coisa.

A diferença: ela já está pronto para outra e você, cabisbaixo, ainda não.

Como tudo dentro de um relacionamento, o sexo carece de um bom diálogo e os pits stops não são exceções.

Se tudo for bem conversado, é até possível que vocês “casem” o momento de recomeçar o ato, fazendo o tesão ficar alinhado.

Uma das saídas para quebrar o tabu é começar estimulações mútuas enquanto a coisa não sobe.

Assim que subir, aí é com vocês.

3. Continue a nadar, continue a nadar!

Uma das saídas para quebrar o tabu é começar estimulações mútuas enquanto a coisa não sobe.

Para o homem, que sofre com a falta de uma segunda ereção instantânea, o fato da coisa não rolar pode ser um problema.

E a ansiedade para que tudo recomece pode ser justamente o que vai impedir isso de acontecer.

Para não deixar tudo esfriar na etapa de descanso, o ideal é manter pequenas carícias para não deixar o clima escapar.

De acordo com Philippe Côté-Léger, fundador de um instituto especializado em ejaculação precoce, isso pode resolver para muita gente.

E quando falamos em “estímulos”, não pense apenas em contato físico.

O aspecto químico do período refratário pode fazer com quem toques sejam até incômodos.

Por isso, a manutenção do contato pode ser uma conversa picante ou uma troca de beijos.

4. Para, respira, levanta

Como já foi dito, a entressafra é uma coisa muito pessoal.

Você mesmo pode oscilar entre períodos longos e curtos, por isso não vale ser rígido quanto às soluções para isso.

Daniel Sher, educador sexual, conta que o contato não pode acabar, mas não precisa necessariamente ser algo ligado a sexo.

“Considere fazer algo interativo e divertido com sua parceira, como ver uma série engraçada, tomar um banho juntos”.

Muitas vezes “esquecer” a necessidade de uma nova ereção é uma boa forma para corpo e mentem se recuperarem.

Uma coisa certa: uma intervalo inegavelmente acontecerá.

Por essa razão, conhecer o próprio metabolismo e trabalhar de acordo com as próprias reações é tão importante.

Só não saia da cama virando de costas, de qualquer jeito… Senão quem vai perder a vontade de uma segunda vez é ela!

5. Limpar a área

Você precisa fazer isso de qualquer jeito (ou ao menos deveria), certo?

Então por que não usar os minutos ou horas de respiro para higienizar a coisa toda?

Momentos como esses podem fazer esquecer que, mesmo que o sexo seja exclusivo, limpeza nunca é demais.

“Lave a área com sabão neutro e água, urine e jogue tudo fora. Trate a segunda vez do mesmo jeito que tratou a primeira em termos de precaução”, conta Sher.

Uma das razões boas de limpar tudo é reduzir a sensibilidade e fazer com que o corpo entenda que, pouco depois, uma nova aventure comece.

6. Bebida? Nem pensar

Ok, sabemos que isso é bem difícil de controlar.

Se as taças de vinho já rolam antes, imagina entre uma e outra transa.

Mas isso não é nada recomendado.

Álcool pode diminuir sua sensibilidade, nada favorável para que a barraca fique armada mais rápido.

Mas troque o drinque por um copo de água, que também ajudará com a hidratação após o suadouro.

7. Novidade para o segundo tempo

“É possível que tudo que aumente o nível de dopamina no cérebro, faça diminuir o período refratário”, conta Bennett.

Por isso, dar um gostinho novo ao round dois pode ser uma boa saída.

Brinquedos eróticos e posições diferentes, no entanto, podem reaquecer as coisas mais rápido do que se imagina.

Outra boa estratégia é surpreendê-la.

Pode ser um bom momento para começar a provocar.

Até o próximo vídeo e um grande abraço!

Vídeo Anterior: https://youtu.be/nqNhraX9_MA
CANAL: http://bit.ly/2mI8CNF
Vídeo: https://youtu.be/vU-OJ04n6Xc
Cura da Ejaculação Precoce: http://bit.ly/2O8xESD

7 dicas para se dar bem no “segundo round”
#ejaculaçãoprecoce
#segundoround

Leave a Reply

Your email address will not be published.